“Quando os ventos de mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras; outras constroem moinhos de vento. ” Érico Veríssimo

Mudança, mudança, mudança! Como você age nestas situações?

Imagine a seguinte situação: A empresa em que você trabalha vai implantar um novo sistema de gestão. Um sistema mais inovador, mais atualizado e de acordo com as necessidades do mercado atual. Você e sua equipe terão que aprender a trabalhar com este novo sistema, pois muitas informações que hoje são coletadas de forma manual ou isoladas, serão disponibilizadas pelo sistema automaticamente, a partir da alimentação dos dados necessários.

Você terá algumas opções para lidar com essa mudança:

1) Você pode agir de uma forma DEFENSIVA e pensar: “Não posso fazer isso”; “É difícil demais”.
Pode ser que você pense assim porque não se sente capaz de fazer esse novo trabalho. Por ser muito complexo o novo sistema, você imagina que não vai dar certo e está se sentindo desmotivado. Outro pensamento que pode passar pela sua cabeça é: “Para que mudar. Do jeito que estamos fazendo está dando certo!”

2) Outra opção que você tem é dar uma resposta do tipo REAÇÃO – Você pensa: “Isso é bastante complicado. Só vai funcionar se a diretoria disponibilizar novos equipamentos para todos”; “Só vai dar certo se o fulano se comprometer mais”; “Esse tipo de sistema é para empresas muito mais organizadas que a nossa”. Mas no final, mesmo não acreditando muito, você diz: “Tudo bem, eu vou tentar (mas duvido que dê certo)”.

3) E por fim, você pode escolher a opção do tipo CURIOSIDADE, que é muito flexível e ajuda em todo o processo. Quando você se coloca como curioso, você procura identificar a intenção daquilo, o objetivo daquela mudança. Procura por mais informações. Compromete-se fazer a sua parte no processo e faz. E o que geralmente acontece é que, se todos estão comprometidos e se as informações são transparentes, todo o processo se torna mais fácil, ágil e com retorno garantido.

Na situação colocada acima sobre a implantação de um sistema de gestão, agindo com curiosidade você será um agente transformador em todo esse processo de mudança. Você vai querer encontrar soluções para os desafios que aconteceram no decorrer da implantação e execução. Você também vai se sentir parte do processo e por se sentir assim, por fazer a sua parte e provavelmente um pouco mais, vai agregar muito valor para sua carreira, sua equipe, além de adquirir bastante conhecimento. É mais um degrau no seu desenvolvimento profissional.

Concluindo, lembre-se sempre: ao se defrontar com um novo desafio, terá estas alternativas:
1 – DEFESA
2 – REAÇÃO
3 – CURIOSIDADE

O profissional de alta performance agirá com flexibilidade e escolherá a opção 3.

E você? Como age em situações novas, em situações de mudança? Escreva aqui nos comentários alguma situação que você passou e me conte como você agiu.

Se tiver alguma pergunta, escreva aqui abaixo, que eu mesma vou responder. Vamos juntos! Eu e você HOJE, MELHORES do que ontem.

Compartilhe ...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.